quinta-feira, 4 de outubro de 2018

PEÇAS DE SEGUNDA MÃO: USADAS, BARATAS, ORIGINAIS E COM GARANTIA!


        Com a regularização do setor de desmonte desde o ano de 2014 pela lei federal 12.977, ficou mais fácil economizar quando acontecer algum problema em sua moto, seja fundindo o motor, caindo ou até mesmo batendo, afinal todos nós estamos sujeitos a acidentes.
   
        A primeira ideia que se tem quando se passa por um acidente é recorrer aos comércios de peças usadas, devido a estrondosa diferença de preços em relação a mesma peça nova, porém nem sempre tais comércios operam dentro da legalidade, muitos trabalham com venda de peças de veículos financiados não dando a devida baixa junto ao órgão responsável (Detran), ficando o proprietário em dívida ativa com a União, ou ainda pior, trabalham com venda de peças roubadas, com isso todos os envolvidos na negociação desses produtos podem incorrer no crime de Receptação preconizado no Art.180 do código penal.

       Segundo o Sr. Marcelo Pereira, sócio da Ippê Moto Peças, a busca por alternativas na hora do concerto de motocicletas é crescente no Brasil, afinal a média de preços comparado a peças novas fica em 40%, podendo alguns produtos chegarem a 89% a menos, ou seja, para quem passou por um acidente (o qual ninguém espera) e está com orçamento apertado é uma ótimo negócio!

       Outra alternativa para quem está com o orçamento apertado é vender sua moto batida para desmanches credenciados, como é o caso da Ippê Moto Peças.

Exemplo da motocicleta Kawasaki Z750 ano 2012
Kawasaki Z750
Novo
Usado/Seminovo
Desconto
Tanque de combustivel
R$5.129,11
R$780,00
85%
Painel de instrumentos
R$3.898,78
R$1.799,9
53%
Par de Bengalas
R$6.484,66
R$1499,9
76%
Roda Dianteira
R$3.398,15
R$699,90
80%
Bomba de Combustivel
R$1.808,24
R$549,9
71%
Comparativo levando como referência 10/2018


        A maioria das nossas motocicletas são adquiridas em leilões, geralmente de seguradoras de veículos que se envolveram em acidentes, tendo todos os veículos notas fiscais de entrada e certidão de baixa, garantindo assim a todos os clientes a segurança de comprar uma peça com procedência de sua origem, com fotos e identificações únicas para determinado modelo de peça e moto. Dessa forma fica impossível o cliente não saber com exatidão de onde a peça veio, gerando credibilidade para a empresa e a confiança para o consumidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário